15.1.13

Um dia, Deus quis se fazer menino. E para sempre se fez Presente!

Por mais que a festa esteja tomando outras proporções, todo mundo sabe, ou deveria saber, que no Natal comemoramos o nascimento de Jesus. O homem, que depois de ter caído pelo pecado e de não mais poder ter acesso a Deus, finalmente veria uma luz no fim do túnel. Essa aliança poderia voltar a acontecer, mas para isso, era preciso que uma oferta sem mácula e sem pecado, fosse oferecida a Deus. “Porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados” (Hebreus 10:4). Era necessário um verdadeiro sacrifício. O sacrifício de alguém que não carregasse a semente do pecado e que nunca houvesse pecado em sua vida, mas que ao mesmo tempo fosse homem. Era necessário que o próprio Deus escolhesse abrir mão da sua condição de Deus para vir ao mundo como homem, sujeito as mesmas dores e tentações, para que depois de aprovado, viesse a ser esse sacrifício de amor por nós. "Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens" (Filipenses 2:6-7). E Ele veio. Cumprindo todas as profecias feitas pelos homens de Deus. Isaías, profeta do Velho Testamento, que viveu 700 anos de Cristo, escreveu: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Isaías 9:6). Um menino nasceu. Um menino que escolheu vir a esse mundo para mudar toda a história. E mesmo que a sua vinda já houvesse sido preparada muito antes de ser necessária: “E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo” (Apocalipse 13:8). A sua chegada fez toda a diferença. E ainda faz. Todas as vezes que penso o quanto é bom trocarmos os presentes na Noite de Natal, fico ainda mais feliz em perceber que o melhor Presente de todos eu já ganhei: acesso ao Pai. Nesse Natal, reserve um tempinho sozinho para agradecer a Deus o verdadeiro Presente de Vida Eterna! Obrigada, Jesus! Feliz Natal!

4 comentários:

Meire Castro disse...

Bom demais meditar nas maravilhas de Deus! Que ele continue te inspirando? Beijos

Luiza Castro disse...

Obrigada, Mell Mell! Bom te ler por aqui! Beijos! :)

António Jesus Batalha disse...

Cheguei ao seu blog e fiquei entusiasmado, pois foi feito com muita graça, e com muito entusiasmo.
Gostei do que vi e li, e achei um blog fantástico, onde se aprende muito.
Sou António Batalha, do blog Peregrino E Servo, se me der a honra de o visitar ficarei grato.
PS. Se desejar faça parte dos meus amigos virtuais,decerto que irei retribuir,
seguindo e divulgando seu blog.
Desejo-lhe muita paz e um Ano Novo cheio de grandes vitórias e saúde.

Edificarte disse...

Bom dia,
Visitando seu blogger e deixando uma passagem bíblica.

Sem motivo especifico, apenas propagando a Palavra de Deus.



SALMO 15
1 SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte?
2 Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração.
3 Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhuma afronta contra o seu próximo;
4 A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao SENHOR; mesmo que jure com dano seu, não muda.
5 Aquele que não empresta o seu dinheiro com usura, nem recebe subornos contra o inocente; quem faz isto nunca será abalado.


Abraços.
Jesus Cristo te Ama!